Como calcular o custo de uma construção?

Muitas pessoas têm o desejo de conseguir uma casa própria neste ano de 2015. Entretanto, a crise que assola o Brasil preocupa aqueles que estão com dinheiro para investir em imóveis. Por isso, avaliar todos os custos da obra é o primeiro passo para não desperdiçar dinheiro.

A arquiteta e urbanista Aline Krupkoski afirma que “o cálculo, é a primeira pergunta que vem à cabeça quando pensamos em construir. Para que a obra não se torne uma dor de cabeça, ela deve ser muito bem planejada e os custos devem estar na ponta do lápis para que os gastos não saiam do controle”.

O custo total de uma edificação é a soma dos projetos (arquitetônico, estrutural, hidrossanitário, elétrico e telefônico), os custos do acompanhamento da obra pelo profissional responsável, o valor das taxas e impostos, materiais, a mão de obra e o valor do terreno.

Esta ressalta que não é tão simples para quem não trabalha na área e para facilitar este cálculo existem algumas tabelas que esclarecem o processo e apresentam um valor por metro quadrado bem próximo do real.

Uma das mais conhecidas é a tabela CUB (custo unitário básico), que é calculada mensalmente pelos sindicatos da Indústria da Construção Civil de todo o país e determina o custo global da obra, por estado, levando em consideração a variação da mão de obra, materiais e custos com projetos e impostos.

Analisando todos estes dados, chega-se ao custo da obra de acordo com o tipo da edificação, padrão de acabamentos e número de pavimentos.

Sabendo o tipo de edificação que será construída e definindo o padrão de acabamentos, acessa-se a tabela e com um simples cálculo (Área a ser construída x Valor do CUB) o cliente terá um valor por metro quadrado.

O Sinapi (Sistema Nacional da Construção Civil) é calculado mensalmente pelo IBGE em parceria com a Caixa. Segundo a tabela, o custo médio do metro quadrado da construção no Brasil no mês de março foi de R$ 918,95 sendo R$ 500,16 relativos aos materiais e R$ 418,79 à mão de obra. O custo médio para o Estado do Paraná é de R$ 1.006,08/m² (março/15).

Aline indica que “os profissionais da área, tanto arquitetos quanto engenheiros, por estarem diariamente trabalhando neste meio, já possuem uma noção melhor e podem ajudar nesse cálculo. Vale lembrar que, para uma conta com margens de erros menores, o projeto deve estar resolvido, pois cada obra possui características que podem influenciar no seu custo final”.

 

Aline - JB

A arquiteta e urbanista Aline Krupkoski
sempre orienta seus clientes quanto aos valores da construção.
Cuidado com o orçamento

O projeto de arquitetura deve ser compatível com o seu bolso e, nesse quesito, o arquiteto tem papel fundamental. Ele irá ajudá-lo a organizar as ideias, fazendo o projeto da melhor forma para atender as suas necessidades com a verba existente. Além do projeto, o profissional irá ajudá-lo a planejar a sua obra, condição básica para uma construção não extrapolar os custos.

Por fim, a etapa dos acabamentos também é crucial para se seguir o orçamento, já que normalmente é nessa fase que se tem mais problemas. Como as possibilidades são inúmeras, o preço varia bastante e o gosto pessoal conta muito. Escolher um produto mais caro aqui e outro ali pode acabar comprometendo a conclusão da obra.

 

 

Por Everton Leite
Publicado em JB em 22/04/2015
http://www.jornaldebeltrao.com.br/noticia/223695/como-calcular-o-custo-de-uma-construcao